Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2007

Os nossos poemas - Alberto Caeiro

Os meus pensamentos resumem-se a sensações,

Penso com as mãos e com os pés,

E com o nariz e a boca,

E com os olhos e os ouvidos.

 

O Mundo não se criou para o pensarmos,

Mas sim para ser observado.

E sei vê-lo, pois vejo-o sem pensar,

E sem pensar consigo sentir

Consigo sentir-me parte dele.

 

Sinto-me a florir a cada momento,

Pronto a enfrentar aquilo que o Mundo me trouxer.

Sou como poeira,

Navegando ao sabor do vento,

Sem rumo, à deriva…

E sinto-me assim

A cada dia que passa,

Sinto-me feliz!

 

                                H-Rally

Publicamos, hoje, um poema tipicamente de Alberto Caeiro, o argonauta das "sensações verdadeiras".

Note-se, neste poema, a grande quantidade de verbos sensitivos, evidenciando a importância do sentir para Caeiro. É, ainda, apresentado a recusa do pensar para este heterónimo, afirmando que "Os meus pensamentos resumem-se a sensações" e "O Mundo não se criou para o pensarmos, / Mas sim para ser observado. ".

É, indubitavelmente, um poema com características daquele que foi / é O Mestre.

publicado por H-Rally às 23:26
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Anônimo a 7 de Abril de 2008 às 19:40
Legal...esse poema mostra bem as características da obra de Alberto Caeiro: como por exemplo a valorizaçao dos sentidos, e a visão anti-metafisica, no trecho: o mundo não se criou para o pensarmos!!!
Parabéns...só necessita de mais atualizaçoes no blog...=)
Bjos...e até mais!! =)~~
De Anónimo a 9 de Dezembro de 2008 às 21:05
Site fixe para quem anda a dar a matéria .

Obrigado pela ajuda!

Comentar post

- Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

- pesquisar

 

- todos os posts

- Um novo começo?

- "A Minha Comunidade"

- 5º Lugar na Final do Sapo...

- Finalista do Sapo Challen...

- H-Rally na semi-final do ...

- Representante do distrito...

- Descansa em paz

- Publicidade - Loja de Poe...

- Cartoon

- Os nossos poemas - Álvaro...

- Os nossos poemas - Ricard...

- Os nossos poemas - Albert...

- Os nossos poemas - Fernan...

- Nós como Pessoa

- Acróstico

- "Tudo o que cessa é morte...

- Fernando Pessoa - Para al...

- Fernando Pessoa - Para al...

- XXIII - "O Meu Olhar" - 2...

- H-Rally - O Logo

- GRANDES PORTUGUESES - Fer...

- Mais sobre nós! (Ou talve...

- Depus a Máscara

- Entrevista a Fernando Pes...

- Entrevista a Fernando Pes...

- Cartas de Amor

- "Autopsicografia"

- Será o maior português?

- Quem foi Fernando Pessoa?

- A vida de Fernando Pessoa

- Justificação da escolha

- A nossa escolha

- Apresentação do clã

- tags

- todas as tags

- arquivos

- Outubro 2007

- Junho 2007

- Maio 2007

- Abril 2007

- Março 2007

- Fevereiro 2007

- links

- Livro de visitas



- Design Alentejano