Quarta-feira, 14 de Fevereiro de 2007

Cartas de Amor

Para comemorar este dia de S. Valentim nada melhor que um poema de amor de um dos heterónimos de Fernando Pessoa: Álvaro de Campos.

Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.

Também escrevi em meu tempo cartas de amor, 
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor, 
Têm de ser
Ridículas.

Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram 
Cartas de amor 
É que são
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia 
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade é que hoje 
As minhas memórias 
Dessas cartas de amor 
É que são
Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas,
Como os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente
Ridículas.)

Fernando Pessoa começa dizendo que as cartas de amor são ridículas, só o facto de serem cartas de amor é ridículo, mas, no fundo, ridículo é quem nunca escreveu cartas de amor, quem nunca amou... ridiculamente.

Fonte: AGULHA, Revista. Jornal de Poesia. Acedido em: 14, Fevereiro, 2007. Álvaro de Campos: http://www.revista.agulha.nom.br/facam83.html
sinto-me:
publicado por H-Rally às 10:24
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De poesianunorita a 14 de Fevereiro de 2007 às 17:41
O Fernado Pessoa surgiu na minha vida quase por acidente, já o conhecia de vista do Chiado onde ele está sentado a beber um eterno café.Um dia tropecei num livro dele e nunca mais o larguei. É de facto um grande poeta. O maior de todos.
Ele é a maior fonte de inspiração para os meus poemas. Continuem com o vosso espaço porque eu gostei dele.
congelado
De andre a 13 de Outubro de 2008 às 20:13
este poema é excelente.
De andre a 13 de Outubro de 2008 às 20:14
este poema é excelente.
De CRPT a 20 de Março de 2009 às 15:48
Este poema foi-me dado a conhecer numa música de Maria Bethânia cantando o nosso amado Fernando Pessoa. Mais que um abraço atlântico, é uma carta de amor... :) :)
De Bárbara a 17 de Fevereiro de 2011 às 20:54
Realmente este poema é, a meu ver, único e de extrema beleza.
Conheci este poema e a história deste poeta numa aula de português à cerca de duas semanas. Na aula, a professora mostrou-nos este poema na canção de Maria Bethânia e todos adoraram, até mesmo aqueles alunos que não se interessam pela disciplina.Apartir dessa aula nunca mais larguei os poemas de Fernando Pessoa e dos seus heterónimos.
ADORO!!!!:-)
De zita a 4 de Agosto de 2011 às 16:59
Se gostas assim tanto de português devias saber escrever bem... É uma vergonha não saberem escrever na própria língua!
De D'Alma a 15 de Setembro de 2014 às 11:43
Terei muito gosto que conheça as músicas do grupo D'Alma!
Sugiro uma visita à nossa página obrigado !!

https://www.facebook.com/dalmamusic

Todas as cartas de amor são ridículas - Alvaro de Campos

https://www.youtube.com/watch?v=cyvqGiFfQME
De jb a 29 de Outubro de 2010 às 18:30
Adorei este poema!
É um dos melhores de Fernando Pessoa!!
:)
De antonieta a 19 de Abril de 2011 às 19:23
acho que muitos portugueses não sabem quem é fernando pessoa não sabem nada sobre portugal.
Há dias no metro existem frases sobre vários escritores e ia um rapaz de 30 anos que ia a perguntar a outro quem era fernando Pessoa. Que vergonha não saber quem è fernando pessoa!
De D'Alma a 15 de Setembro de 2014 às 11:44
Terei muito gosto que conheça as músicas do grupo D'Alma!
Sugiro uma visita à nossa página obrigado !!

https://www.facebook.com/dalmamusic

Todas as cartas de amor são ridículas - Alvaro de Campos

https://www.youtube.com/watch?v=cyvqGiFfQME

Comentar post

- Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

- pesquisar

 

- todos os posts

- Um novo começo?

- "A Minha Comunidade"

- 5º Lugar na Final do Sapo...

- Finalista do Sapo Challen...

- H-Rally na semi-final do ...

- Representante do distrito...

- Descansa em paz

- Publicidade - Loja de Poe...

- Cartoon

- Os nossos poemas - Álvaro...

- Os nossos poemas - Ricard...

- Os nossos poemas - Albert...

- Os nossos poemas - Fernan...

- Nós como Pessoa

- Acróstico

- "Tudo o que cessa é morte...

- Fernando Pessoa - Para al...

- Fernando Pessoa - Para al...

- XXIII - "O Meu Olhar" - 2...

- H-Rally - O Logo

- GRANDES PORTUGUESES - Fer...

- Mais sobre nós! (Ou talve...

- Depus a Máscara

- Entrevista a Fernando Pes...

- Entrevista a Fernando Pes...

- Cartas de Amor

- "Autopsicografia"

- Será o maior português?

- Quem foi Fernando Pessoa?

- A vida de Fernando Pessoa

- Justificação da escolha

- A nossa escolha

- Apresentação do clã

- tags

- todas as tags

- arquivos

- Outubro 2007

- Junho 2007

- Maio 2007

- Abril 2007

- Março 2007

- Fevereiro 2007

- links

- Livro de visitas



- Design Alentejano